Feito à Mão. Agora, em bom.

MARCAS À MÃO

AMOR E LIMA

Simplicidade, romantismo, ternura e emoção são a base para qualquer casamento AMOR E LIMA. E a base da AMOR E LIMA é Maria e Raquel: irmãs, amigas e cúmplices. 

A história da AMOR E LIMA inicia-se em 2013 quando Maria, a trabalhar nos escritórios da SIC, começa a ponderar lançar o seu negócio. Como tinha dias preenchidos com reuniões formais, encontros com a direção e muitas responsabilidades, procurou algo orgânico, mais simples, em que pudesse colocar a sua energia.

Ao procurar um escape e não um plano de negócios, Maria apaixonou-se pelas flores. Foi criando, aprendendo, fazendo, e alguns eventos foram surgindo. Entretanto Raquel, a trabalhar fora de Portugal, regressa ao país sem um projecto fechado e decide começar a ajudar a irmã - e tudo evolui muito mais depressa do que esperavam.

Em 2015, quando Maria engravida, a pausa forçada no seu emprego das 09:00 às 17:00 e o crescimento da AMOR E LIMA obrigam-na a tomar uma decisão. Afinal, nesse ano já tinham 40 casamentos marcados.

“(A receita para a Amor e Lima) é uma série de ingredientes que conseguimos juntar, desde a experiência em eventos ao sentido estético, bom gosto, formação – eu (Maria) sou da área de Marketing e a Raquel de Design.”

Sem muitos planos nem expectativas, os trabalhos e as oportunidades foram surgindo. Dos eventos mais pequenos passaram para os casamentos - em 2018 já têm quase 100 casais marcados! - e às flores e bouquets juntaram serviços de wedding planning, design e decoração, permitindo-lhes preparar cerimónias felizes do início ao fim.

Para compreendermos o crescimento da AMOR E LIMA temos de regressar a 2014 e ao lançamento do livro "Ideias com Amor e Lima". Maria, na altura sozinha, procurava inspiração no Pinterest e partilhava dicas e tutoriais  Do It Yourself   num blog, hoje inactivo. Porque pouco ou nada existia nesta área, o blog tornou-se num espaço popular entre quem queria saber mais e o convite para o livro não tardou a surgir - em abril o título já estava em banca.

Como a promoção das coroas de flores, que na altura conquistavam cada vez adeptas, conseguiram alguma projecção e começaram a fazer eventos de marcas; daí até surgirem pedidos para bouquets, decorações e outros serviços passaram apenas alguns meses. Em 2015 chegaram os primeiros pedidos para fazerem casamentos - das primeiras marcações, esporádicas, começaram a acumular várias por mês - e em 2016 já tinham chegado aos 80, mais do que um por semana. Para 2018 já só restam algumas datas até ao final do ano. 

“Como nunca ninguém nos ensinou, temos a cabeça limpa de vícios, preconceitos.”

Hoje a AMOR E LIMA já conta com quatro pessoas - a Maria e Raquel juntaram-se dois pares de mãos que ajudam no acompanhamento dos eventos e no planeamento logístico. Em momentos de muito trabalho podem subcontratar alguns serviços mas continuam a assegurar as flores e arranjos, tal como no início. E se dantes se focavam exclusivamente nisso, hoje trabalham conceitos, grafismos e toda a envolvência do casamento, num exercício que pode ocupá-las durante um ano até ao grande dia. Cada evento bem sucedido traz dois ou três novos e o passa-palavra, em paralelo com o trabalho que desenvolvem nas redes sociais, é sem dúvida um dos grandes responsáveis pelo crescimento exponencial que sentem.

Não têm "clientes típicos" embora a sua maioria sejam portugueses que residem fora do país e vêm a Portugal casar. No entanto, e porque estão muito presentes online, recebem contactos de todo o tipo de pessoas, encantadas com as suas imagens - desde quem procura um imaginário simples e dreamy   a quem tem ideias mais originais e desafiantes, como o casamento de Débora e Paulo, que incluiu um carrossel e uma loja de tatuagens.


“Hoje em dia, já influenciamos outras empresas que estão a começar nesta área. (...) Se há dois ou três anos as noivas traziam inspirações do Pinterest, agora já trazem muitas inspirações nossas.”

Não fazem dois casamentos iguais e garantem que a AMOR E LIMA tem sido um processo de aprendizagem e (auto-)conhecimento. Ao longo dos anos, o feedback que têm dos noivos continua a ser imprescindível e uma grande recompensa depois de cada evento.

 

O FUTURO. AGORA, EM BOM.

Desejos para 2018? "Um ano tão bom quanto 2017."

Desejos para a indústria? "Aprendizagem e crescimento, padrões mais elevados, maior exigência -  às vezes as pessoas querem simplesmente vender e não pensam no que podem fazer de melhor."

Próximos desafios? "O maior desafio para o futuro é, sem dúvida, gerir o crescimento da Amor e Lima de forma sustentável sem abdicarmos do nosso perfeccionismo, da nossa visão. Ah, e queremos tornar-nos "oficialmente" uma referência e uma inspiração na área - já sabemos que há empresas e pessoas que se baseiam no nosso trabalho mas queremos trabalhar assumidamente essa vertente."



Para acompanhar o trabalho da AMOR E LIMA basta seguir o Facebook e Instagram da marca.

SUN&VEGS

AGORA, EM BOM

Fazer à mão é importante - fazê-lo bem é essencial. Cada pormenor, cada detalhe, cada nuance de um objeto, de um produto, de um prato preparado à mão é único e carregado de histórias. É por isso que as Fresco&Frasco Sun&Vegs são feitas assim. E é por isso que procuramos outras marcas que produzem da mesma forma. Agora, em bom.

Este site usa cookies para recolher informações que ajudarão a optimizar a tua visita. Consulta as informações sobre o uso de cookies na nossa Política de cookies. Ao continuar a usar o nosso site, aceitarás a nossa política de cookies. ACEITO